.posts recentes

. O REGRESSO.. NOUTRO SÍTIO

. Arquivos

. A Incerteza

. Mimos e Beijos

. 3 Anos

. Esclarecimentos

. Decisões...

. Lene

. Ter-te comigo

. Pequena frase

.arquivos

. Maio 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

Sexta-feira, 9 de Julho de 2004

Crescer...

Nem sempre é fácil dizer aquilo que pensamos, especialmente quando achamos que vamos magoar a pessoa que mais amamos neste mundo. Nestes últimos dias tenho me sentido triste e apreensiva, receosa. Comecei a pensar e a sentir coisas que no inicio não pensava, o desejo de por vezes estar sozinha, de fazer as minhas coisas, de simplesmente estar comigo e com os meus pensamentos. Fiquei com medo quando comecei a pensar assim, medo que por ter estes pensamentos estivesse a gostar menos de ti, a perder o interesse. Pensei. Mas como é que eu posso estar a perder o interesse pela pessoa pela qual bate o meu coração todos os dias, que me conquista todos os dias, pela minha alma gémea? Não, isso não pode estar a acontecer. Simplesmente cresci mais um pouco, percebi finalmente que para que duas pessoas se amem não é preciso estarem sempre juntas, fazerem tudo juntas, o importante é que saibam que são amadas. Eu sei, que apesar de estares longe me amas, que pensas em mim e que estou sempre no teu pensamento, porque tu, estás sempre no meu. O amor, é como um analgésico opiaceo!, cria dependência, por vezes trás coisas boas, outras vezes não. Eu sei que me tornei muito dependente, tenho tentado mudar isso, mas não é fácil, porque durante muito tempo não tive ninguém que me amasse, ninguém com quem partilhar o que quer que fosse. Quando finalmente te encontrei, quis compensar todos os anos que passei à tua espera, quis partilhar tudo contigo, fazer tudo contigo, estar todos os minutos e segundos do meu dia contigo, e por isso me tornei um bocado dependente, porque ao fim de um tempo de fazer tudo contigo, deixei de saber faze-lo sozinha. Mas acho que estou a re-aprender, não tem sido fácil, mas estou a esforçar-me, tens que ter paciência. Eu quero voltar a ser independente, por nós.
publicado por Unpredictable às 23:21
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds